ACB

De produção brasileira entre 1975 e a década de 1990, o Seneca II é um projeto original da Piper Aircraft.

O Piper Seneca é uma aeronave bimotora executiva a pistão de pequeno porte, com capacidade para transportar com razoável conforto um piloto e cinco passageiros em viagens intermunicipais e interestaduais, projetada e produzida em larga escala nos Estados Unidos a partir da década de 1970 pela Piper Aircraft, cujos aprimoramentos sucessivos resultaram na versão atual (ainda produzida) - Seneca V Turbo.

O Seneca II foi uma resposta do fabricante a reclamações de clientes de problemas de "handling" da primeira versão. A aeronave foi certificada em 18 de julho de 1974 e lançada como modelo de 1975. O novo modelo incorporou mudanças nos controles de solo da aeronave, ailerons mais alongados e balanceados e a adição de um "anti-servo" no leme. O "T" na designação do novo modelo reflete uma mudança para um motor turbocharged (motor com turbocompressor), seis cilindros Continental TSIO-360E ou ainda EB para uma performance melhorada, principalmente acima de 5.000 metros de altitude. No Seneca II a Piper manteve motores contra-rotativos de seu irmão mais velho Seneca I.

O peso máximo de decolagem foi aumentado para 2.073 kg (aprox. 4.570 libras). O peso máximo de pouso dessa versão é de 1.969 kg (aprox. 4.342 libras).

Aeronaves deste modelo disponíveis no Aeroclube de Blumenau: 01

  • PR-AGN

Especificações:

  • 2 Motores Continental TSIO-360E de 200HP cada
  • Painel com PFD Aspen 1000 Pro e MFD Avidyne EX500
  • TCAS (Traffic Collision Avoidance System/Sistema Anti Colisão)
  • Radar Meteorológico e TCAS na Tela Avidyne
  • Velocidade Mínima de Controle (Vmc) – 66 nós (122km/h)
  • Velocidade Máxima em Faixa de Operação Normal – 163 nós (300km/h)
    *(Velocidade mínima de controle (Vmc) é a menor velocidade na qual a aeronave é controlável, operando com um só motor e flapes recolhidos)